ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}



novo
  • BUSCA
    ou data
  • BUSCA
    na categoria
  • BUSCA
  • BUSCA
    do tipo

NOTÍCIAS













LAJEADO GRANDE

Produtores de vinho são premiados em Lajeado Grande


Por Portal Click Xaxim.com.br
Em 24/06/2016 - 14h58
Os produtores foram premiados em evento que reuniu autoridades, representantes das entidades parceiras e familiares. (Fotos: MB Comunicação).


Os produtores que participaram da 3ª classificação do vinho artesanal de Lajeado Grande, promovida pela Sebrae/SC e Prefeitura com apoio da Epagri, receberam certificados e foram premiados em evento que reuniu autoridades, representantes das entidades parceiras e familiares, nessa quinta-feira (23), no município.

O produtor Vilson Rosalen conquistou o troféu-medalha ouro na categoria vinho de mesa bordô e também obteve destaque com a primeira colocação na premiação regional, entregue recentemente em Pinhalzinho. O vitivinicultor conta que atua na produção de vinho desde a década de 50 e, pela primeira vez, participou da avaliação. “A conquista dos prêmios representa uma valorização perante a comunidade e nos incentiva a aperfeiçoar cada vez mais”, realça Rosalen que implementou melhorias no processo de produção de uva, com apoio do projeto desenvolvido pelo Sebrae, Prefeitura e Epagri. Para ele, é um orgulho representar Lajeado Grande e demonstrar que os vinhos dos produtores do município têm potencial para competir com toda a região.  

O prefeito Valmir Locatelli valorizou o projeto e enfatizou que a evolução foi grande desde a primeira edição da avaliação. “Temos um ouro municipal e regional, além de prata e bronze, o que representa um estímulo para que o produtor continue trabalhando para agregar valor ao seu produto. O projeto é um incentivo pioneiro na região, os resultados estão aparecendo e certamente evoluirão mais porque eles estão entusiasmados para a atividade”.

A analista técnica do Sebrae/SC e gestora local do DET, Marieli Aline Musskopf, enalteceu a determinação dos produtores que não mediram esforços para obter os melhores resultados. Destacou que as ações para fortalecimento da vitivinicultura no município integram as ações do Projeto de Desenvolvimento Econômico e Territorial (DET), implementado em parceria com a Prefeitura, com o objetivo de fortalecer os pequenos negócios e movimentar a economia local. “Com os resultados que observamos aqui, percebemos que os produtores levaram a sério o projeto e estão preparados para comercializar os vinhos que até então eram produzidos para próprio consumo”.  

O coordenador regional oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani, complementou que o Sebrae/SC prestou consultoria tecnológica por meio do Projeto de Desenvolvimento Econômico e Territorial e, com isso, os produtores atuam na ocupação de um espaço maior no mercado da regional. A evolução no processo produtivo com utilização de boas práticas de produção de uvas e especialmente de vinhos é norteada para o atendimento dos requisitos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O sucesso da evolução concretizada deve-se à integração dos esforços entre a Administração e equipe técnica do município, Epagri local, e os produtores, que tendo acesso às soluções do Sebrae, tiveram empenho e dedicação na sua implantação”.

O evento premiou com troféus-medalhas os vinhos classificados na premiação municipal, de acordo com a seguinte pontuação: vinhos com 90 a 100 pontos (troféu-medalha de ouro), vinhos entre 80 a 89 pontos (troféu-medalha de prata) e vinhos entre 70 a 79 pontos (troféu-medalha de bronze).

A programação também contou com palestra sobre qualidade dos vinhos, ministrada pelo enólogo e consultor credenciado ao Sebrae/SC, Gilson Panceri Junior, que apresentou os produtos premiados e demonstrou as características de cada um, durante processo de degustação. Panceri abordou o potencial de desenvolvimento da produção de vinho do município, destacando que quem tiver interesse em aperfeiçoar ainda mais o processo produtivo, o Sebrae/SC e a Epagri continuam à disposição para auxiliar os produtores.

CLASSIFICAÇÃO:

A avaliação da 3ª classificação do vinho artesanal do município foi feita por enólogos e as amostras foram analisadas com base em três critérios internacionais: visual, que confere a liquidez e a cor do vinho; olfativa, para verificar qualidade, nitidez e intensidade do aroma; e gustativa, que avalia a intensidade, nitidez (tipo da uva), qualidade (sabor) e persistência (álcool).

Na categoria vinho bordô foram premiados os seguintes produtores: Vilson Rosalen (troféu ouro), João Carlos Foresti e Ivan Gabrielli (troféu prata) e Adilson Antonio Bianchi (troféu bronze). Na categoria vinho tinto de mesa, o produtor Jair Chenet obteve troféu prata e na categoria vinho branco Niágara, o vitivinicultor Orides Chenet conquistou o bronze.



Fonte: MB Comunicação




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA MAIS




© - Ideia Good - Soluções para Internet