Conheça a história da Família Zanoto, maior produtora hidropônica de Xaxim.

Por Bruna Binda, estagiária de jornalismo

“A vida te dará os frutos que você plantar”. Analisando essa frase, a busca pela felicidade às vezes parece tão complicada e não se sabe ao certo como semeá-la. E para Airton Luiz Zanoto não foi diferente, depois de muitas dificuldades encontrou a sua felicidade na hidroponia. Atualmente semear faz parte da rotina de sua família que já é símbolo da agricultura xaxinense.

Airton Luiz Zanoto mostrando o funcionamento da hidroponia

O encontro com a família Zanoto foi rápido, não durou três horas, todos estavam correndo para terminar suas atividades diárias. ”Aqui na horta precisamos ser rápidos, temos muita coisa para fazer e somos em poucos”, conta Airton. São cinco membros da família e dois funcionários que cuidam mais de 13.500 hortaliças.

Airton, Sandra, Cezar, Suély e Luiz Felipe são responsáveis por mais de 5 mil metros de estufa hidropônica. Eles fazem quatro processos, semeiam e adubam, deixam no berçário para germinar, transplantam e colhem seis tipos de hortaliças, as quais são: rúcula; almeirão; agrião; salsa; alface mimosa; e alface crespa. “A adubação é a mesma para todas as hortaliças, só muda a semente, a germinação e a colheita, cada uma tem um tempo diferente”.

Estufa hidropônica da família Zanoto

Todas as cinco estufas recebem água 24 horas por dia, a adubação é feita pelo motor de cada cisterna que vai empurrando o adubo e os nutrientes na quantidade correta para cada hortaliça. “Foram investidos 40 mil reais em tubulações e motores em cada estufa, fora as instalações, para ter essa estrutura e qualidade que temos hoje”. Mas não foi sempre assim.

Airton Luiz Zanoto mostrando o funcionamento das cisternas e motores

No início, a ideia de montar uma horta sempre foi presente na família, mas como eles não tinham tanta terra e nem experiência, Cezar, irmão de Airton foi para o colégio agrícola adquirir conhecimento para ajudar a família. Quando se formou repassou o que aprendeu para seus familiares.

Com isso, no final dos anos 80, a família começou com a horta no chão, mas devido as viroses dos anos 90, a horta começou apresentar crise e acabaram deixando o negócio de lado e investindo em eucalipto e erva mate até 2011.

Porém o desejo pela horta nunca foi esquecido. Então em 2012 tentaram novamente, mas de um jeito diferente, com a hidroponia. Com muito esforço, determinação, altos investimentos e amor por semear a felicidade conseguiram alcançar o objetivo da família. E atualmente são considerados os maiores produtores hidropônicos de Xaxim.

Estufas da família Zanoto

A dificuldade da família no momento, além de bastante pessoas plantarem suas hortaliças em casa, é o retorno financeiro. “O grande problema do mercado hoje para nós é a troca, porque se levar esse pé de hortaliça aqui no mercado e ele não vender até amanhã eu preciso trocar por outro”. Além disso no verão, as vendas são mais baixas e semear 1.500 pés por semana não dão tanto lucro que nem no inverno.

Por mais que existam dificuldades, como em qualquer outra profissão, a família Zanoto cuida de cada centímetro que construiu com esforço. Eles exercem esta profissão com amor além de respeitar e amar a natureza. “Todo esse cuidado e profissionalismo é percebido no resultado final quando o cliente sempre volta no mercado pedindo mais de nossas hortaliças. Prezamos pela qualidade e respeitamos a beleza da natureza, esse é o nosso diferencial ”, finaliza.

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
2Gostei16Amei0Haha0Hum0Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário