CDL de Xaxim prevê boas vendas do comércio no período natalino

A pouco mais de um mês para a principal data do varejo, os comerciantes de Xaxim, apostam em bons índices de vendas. Esse otimismo está presente em todo o Estado e foi confirmado através de um levantamento da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC). A pesquisa mostrou que 66,84% tem expectativa de que as vendas sejam maiores do que no ano anterior. Para 46,94%, o crescimento deve ser de até 5%, enquanto 25,51% acreditam em 10%.

O levantamento da Federação das CDLs ouviu associados das 20 cidades de maior potencial econômico do Estado. Para impulsionar as vendas, a CDL de Xaxim informa que em todos os sábados do mês de dezembro, as lojas atenderão até às 17h. Também ocorrerá ampliação do horário de atendimento durante as semanas. Para os empresários, a dica para ampliar as vendas, é usar estratégias como promoções e campanhas publicitárias.

A pesquisa revelou que para 25% dos associados consultados o tíquete médio do período deve ficar entre R$ 101,00 e R$ 150,00. Os itens mais procurados devem ser vestuário (31,63%), seguidos de calçados (12,24%). O pagamento por cartão de crédito continuará sendo a opção preferida dos consumidores, chegando a 53,57% – seguido de crediário, com 26,02%.

Em relação à contratação de temporários para o período que se estende ao verão, 35,20% dos entrevistados pretendem contar com novos colaboradores. O mesmo levantamento também mostrou que os lojistas catarinenses apostam em um balanço positivo para o ano de 2020. Consultados pela FCDL/SC, 84,18% estão otimistas para um cenário melhor que o de 2019. A projeção dos associados considera que a intenção de compra cresce à medida que aumenta o índice de confiança no comércio.

Conforme o Presidente da CDL de Xaxim, Rodrigo Savarís, as boas expectativas estão ligadas a leve retomada econômica e no estímulo ao consumo. O Presidente da FCDL/SC, Ivan Tauffer, avalia que “o aumento do nível de confiança dos consumidores e empresários, o corte dos juros e o controle da inflação são fatores determinantes para a retomada do consumo das famílias, o que representa maior geração de empregos e um ciclo positivo de crescimento. Ainda é um crescimento tímido, mas promissor”, concluiu.

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
0Gostei0Amei0Haha0Hum0Triste1Raiva

0 Comments

Deixe um comentário