Governo recomenda adoção de medidas mais restritivas em Chapecó e região Oeste

Florianópolis – A Secretaria de Estado da Saúde recomenda o reforço nos cuidados de prevenção ao contágio do novo coronavírus a todos os municípios da Região de Saúde Oeste e o fechamento do comércio não essencial em Chapecó por 14 dias. A orientação tem base no momento epidemiológico da região, que é a que mais registrou novos casos nos últimos dias.

Com a confirmação de 45 novos casos nas últimas 24 horas, Chapecó chegou aos 286 pacientes confirmados, seguido de Joinville (263), Criciúma (209), Concórdia (132), Itajaí (127) e Balneário Camboriú (125). No Estado, cidade só tem menos casos que Florianópolis (387) e Blumenau (296). Nesta semana, o Governo do Estado também já havia recomendado a adoção de medidas semelhantes na região do Alto Uruguai.

Entre as recomendações para todos os municípios da região de saúde, estão o uso obrigatório de máscaras em espaços públicos e áreas comuns de condomínios e estabelecimentos, distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas.

Especificamente para Chapecó, cidade que registrou 76 novos casos nos últimos dois dias, a recomendação é fechar o comércio e os serviços públicos não essenciais por 14 dias, aferir a temperatura das pessoas que entram nos estabelecimentos que permanecem em funcionamento e intensificar a higienização de utensílios, superfícies e equipamentos, como elevadores, sanitários, interruptores, mesas, maçanetas e corrimãos.

A Região Oeste de Saúde abrange 78 municípios, 371 casos de infecção pelo novo coronavírus e nenhuma confirmação de óbito causado por Covid-19 por enquanto. Chapecó é a cidade catarinense que mais vem registrando novos casos nos últimos dias.

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
1Gostei0Amei0Haha1Hum0Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário