https://www.traditionrolex.com/20

Homem é preso por diversos crimes praticados no Oeste Catarinense

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos prendeu, preventivamente, na tarde deste da última quarta-feira (23), um homem de 26 anos de idade. Ele é responsável pela prática, apenas no mês de fevereiro, de mais de 10 crimes de estelionato, praticado contra comerciantes e empresários de Chapecó e região.

No início do mês, diversos empresários registraram boletins de ocorrência, nos quais informaram acerca da prática de crimes de estelionato, praticados por um indivíduo, ainda não identificado. O suspeito, comparecia ao estabelecimento comercial, tomava posse de chopeiras, cilindros de gás e bebidas, não devolvendo os equipamentos no dia acordado.

Apenas durante este segundo mês de 2022, praticou o mesmo crime, tomando a posse de pelo menos oito chopeiras e equipamentos. Os equipamentos são avaliados na importância de sete mil reais cada.

Não bastasse esses crimes, o suspeito é responsável também por roubo de um veículo avaliado em 22 mil reais. Além de outras ações, como se passar por vendedor de loja de autopeças, localizada na cidade de Erechim, quando comercializou falsamente peças de veículos, obtendo vantagem ilícita, bem como se passou por técnico em informática, se apropriando de notebooks de vítimas. Ao todo, estima-se que o suspeito tenha vitimado mais de 30 pessoas.

Diante dos registros realizados na Delegacia de Polícia Civil, e analisado as imagens dos circuitos de vide monitoramento dos locais alvos do investigado, a Polícia Civil conseguiu identificar o suspeito. Com as provas, a autoridade policial representou pela sua prisão preventiva.

Então na manhã da última quarta-feira (23), a autoridade judiciária deferiu a prisão preventiva, além da busca e apreensão residencial, oportunidade em que se logrou êxito na localização e prisão do suspeito.

No interior da residência, não foi localizado os bens das vítimas, no entanto, um veículo que estava na posse do suspeito, com débitos de 13 mil reais, foi apreendido e encaminhado ao pátio.

Interrogado, o homem confessou a prática dos crimes, mas não informou o local em que estaria os objetos, havendo suspeitas de que o investigado tenha comercializado os bens de terceiros.

A Polícia Civil solicita que todas as pessoas que possam ter sido vítimas de fatos semelhantes, compareçam à Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos, a fim de registrarem o Boletim de Ocorrência, pois, provavelmente, outros crimes possam ter sido praticados pelo suspeito.

O investigado foi encaminhado ao sistema prisional, local que permanecerá à disposição da justiça. O inquérito policial será concluído no prazo de até 10 dias.

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
0Gostei0Amei0Haha0Hum0Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário

mersin escort çorlu escort erzincan escort görükle escort Samsun escort