https://www.traditionrolex.com/20

Hospital Frei Bruno teme a falta de oxigênio e medicamentos

O número de internações para tratamento da Covid-19 diminuiu, mas a situação continua preocupante no Hospital Frei Bruno (HFB), em Xaxim.

No final de fevereiro a maior dificuldade era com relação à superlotação, no entanto, atualmente o que preocupa é um possível desabastecimento de oxigênio e medicamentos.

Desde quinta-feira (18), a direção do Hospital vem buscando medidas para impedir um colapso no sistema.

Através de ofício, a direção do hospital foi informada pela empresa distribuidora de oxigênio (Air Liquide Brasil Ldta), que os estoques estão comprometidos.

No documento, a própria empresa lamenta a “situação com consequências inesperadas” e sugere o contato com demais fornecedores.

Segundo dados do hospital, em outras épocas (períodos normais), o consumo de oxigênio era de cinco torpedos diários, hoje, esse número ultrapassa os 50.

Outra preocupação é com relação a dificuldade para aquisição de medicamentos usados para a intubação de pacientes que precisam ser encaminhados para UTI (o Hospital Frei Bruno não conta com Unidade de Terapia Intensiva).

Em Xaxim, existem cinco respiradores artificiais e conforme a direção do hospital, ainda há estoque de medicamentos, no entanto existe apreensão dos profissionais, já que não se sabe como será a demanda nos próximos dias.

Nas últimas semanas, vários pacientes foram intubados no hospital e transferidos para UTIs da região.

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
1Gostei0Amei0Haha0Hum4Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário

mersin escort çorlu escort erzincan escort görükle escort Samsun escort