Inácio Bracht fala sobre sua possível saída do PSD

Xaxim – Quem acompanha as sessões da Câmara de Vereadores de Xaxim já deve ter notado que o clima entre o presidente do legislativo Inácio Bracht, e seu partido, o PSD, não está nada bem.

Se durante a maioria dos dois primeiros anos de mandato Bracht foi o maior defensor da administração de Lírio e Adriano, protagonizando debates acalorados com Joseane Sampaio, em 2019 estão bem diferentes, e segundo ele, assim devem continuar.

Em entrevista ao Portal Click Xaxim, quando questionado sobre os boatos sobre uma possível saída do partido, Inácio primeiro deu longas justificativas, em seguida confirmou os rumores. “Sim. Pretendo trocar de partido”.

Segundo o presidente do legislativo, o principal motivo para esta decisão – que só deve ocorrer no ano que vem quando acontece a janela para troca de partidos – foi o pouco reconhecimento tanto no período eleitoral, quanto após o início do mandato.

“Infelizmente não deram valor ao que nós, vereadores, fizemos durante o período eleitoral. Fomos nós vereadores que ajudamos a eleger prefeito e vice”, exclama.

Com relação ao pós-eleição, Bracht destaca que ao tentar fazer seu trabalho, era sempre cortado pelo poder executivo. “Fui, e ainda sou em diversas ocasiões, o único representante do PSD em eventos de comunidade, clube de mães, grupos de idosos e etc. Quem vai nestes lugares escuta as reclamações sobre o município, e meu dever enquanto vereador, é apresentar ao executivo tais reivindicações em busca de soluções. Até que o executivo começou a reclamar das reivindicações que eu levava, e ignorá-las. E o povo, quando não tem suas solicitações atendidas, vai à rádio para reclamar do prefeito? Não, vai reclamar dos vereadores que não fazem nada”, desabafou.

Possível troca de partido
Bracht destaca que independente do cargo que irá concorrer nas próximas eleições, seguirá com suas opiniões. “Por conta da legislação eleitoral brasileira, é preciso estar filiado a um partido para concorrer às eleições, mas sempre segui uma linha independente. Falo bem do que está certo, e critico e reclamo do que está errado. É uma questão de caráter e não de partido”.

Quando questionado sobre qual será seu rumo, se confirmada a saída do PSD em 2020, o presidente diz que existem alguns projetos os quais ele analisa. “Não está nada definido por enquanto.

 

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
0Gostei0Amei0Haha0Hum0Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário