Operação ágata – Quatro pessoas são presas em Xaxim

A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia da Fronteira da Comarca de Xaxim (DPCO-FRON/XAXIM), com apoio do Canil da Polícia Civil de São Lourenço do Oeste,  Chapecó e Xanxerê além dos Policiais Civis de Ponte Serrada e da 3ª DP de Chapecó em participação na operação “ÁGATA”, no início da tarde desta sexta-feira (24), dando cumprimento a 05 (cinco) mandados judiciais de prisão preventiva e 03 (três) mandados judiciais de busca e apreensão domiciliar referente a uma investigação de combate ao tráfico de droga no Município de Xaxim.

Durante a operação na data de hoje foram presos em Xaxim/SC, no Bairro Chagas e Ari Lunardi 04 pessoas, sendo elas:
L.F.B (23 anos), natural de Xaxim/SC;
N.N.D (26 anos), natural de Urubici/SC;
A.F (28 anos), natural de General Carneiro/PR;
R.C.O (35 anos) natural de Xaxim/SC.

Em Chapecó, foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva em desfavor de R.J.S (35 anos), natural de Guatambu/SC.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, os 3 (três) cães farejadores da Polícia Civil localizaram três porções de substancia semelhante a maconha, prontas para o comércio. Também foi apreendido a importância de R$ 365,00 (trezentos e sessenta e cinco reais).

Segundo os Delegados de Polícia da Comarca de Xaxim Gustavo Oliveira Altemar e Fernando Callfass, o combate ao crime de tráfico de drogas é uma prioridade há muito tempo da Polícia Civil, sendo que as ações de investigação, bem como apreensão de drogas e prisão dos traficantes vão continuar de maneira intensa.

Após os procedimentos realizados na Delegacia de Polícia Civil, os presos foram encaminhados ao Presídio Regional de Xanxerê e a mulher ao Presidio Feminino de Chapecó, onde permanecerão à disposição da Justiça.

ENTENDA O CASO
No dia 16/03/2019 a Policia Civil de Xaxim prendeu em flagrante delito duas pessoas, sendo mãe e filho, pela pratica do crime de tráfico de drogas. Na ocasião foi apreendido com ambos, substâncias semelhantes a cocaína, maconha e LSD.

A partir destas prisões, a Policia Civil de Xaxim aprofundou as investigações e conseguiu comprovar fortes indícios de autoria do envolvimento de outras 05 (cinco) pessoas com o comércio ilícito de drogas em Xaxim.

Diante da conclusão dos trabalhos investigativos, foi solicitado ao Poder Judiciário ordens de prisão e busca e apreensão, sendo todas deferidas, após manifestação favorável do Ministério Público.

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
8Gostei1Amei0Haha0Hum0Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário