PF e Receita combatem contrabando, sonegação e lavagem de dinheiro

Crimes organizados envolvendo contrabando, sonegação fiscal e lavagem de bens, valores e capitais são o alvo da primeira fase da Operação Retribuição nesta terça-feira (14).

A ação da Polícia Federal (PF) – em conjunto com a Receita Federal – cumpriu ordens judiciais expedidas pela Justiça Federal da 9ª Vara Criminal de Curitiba de busca e apreensão e sequestro de bens e valores na cidade paranaense de Ivaiporã. A justiça determinou, ainda, o bloqueio de bens e valores em contas bancárias e investimentos financeiros dos investigados.

Cigarros importados

Em nota, a Polícia Federal PF informou que as investigações apontam que os suspeitos tinham como principal atividade a importação de cigarros oriundos do Paraguai e sua posterior distribuição para comércios localizados no Paraná, Santa Catarina e São Paulo, e, ainda, a lavagem de dinheiro mediante estabelecimento comercial de fachada e uso de contas de laranjas, que eram usadas para dar aparência de legalidade às atividades ilícitas.

Ainda de acordo com as investigações, somente em 2021 os investigados movimentaram mais de R$ 8,7 milhões. “Também foi apurado que um dos investigados já foi condenado pelo crime de contrabando de cigarros e possui dívida ativa com a União oriunda do referido crime. O valor devido à Fazenda Pública Federal chega a aproximadamente R$ 1 milhão”, informou a PF.

As investigações começaram em 2021 para apurar ocorrência de possíveis crimes de contrabando, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal de grupo estabelecido na cidade de Ivaiporã.

Fonte: Agência Brasil

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
0Gostei0Amei0Haha0Hum0Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário

mersin escort çorlu escort erzincan escort görükle escort Samsun escort