Polícia Civil conclui que disputa entre facções deixou um homem morto em Xaxim

A Polícia Civil de Xaxim, finalizou na tarde desta segunda-feira (06), o inquérito policial que esclareceu o crime de homicídio de um homem de 32 anos e duas tentativas de homicídio, a de uma mulher de 26 anos e uma criança de quatro anos, ocorridos no dia 05/01/2020 em Xaxim.

Ao tomar conhecimento dos fatos, a Polícia Civil imediatamente iniciou as diligências investigativas, oportunidade em que foi possível comprovar, após a realizações de diversos atos investigativos, tais como: cumprimento de mandados judiciais de busca e apreensão ainda no dia 30/01/2020 que culminaram na expedição e de outros mandados judiciais de busca e apreensão domiciliar e prisões preventivas, cumpridos durante a Operação Templários, realizada no dia 09/03/2020.

Na ocasião, apurou-se que um grupo de membros de organização criminosa, de posse de armas de fogo emboscaram as vítimas em uma estrada, efetuando diversos disparos contra as vítimas que estavam no interior de veículo, momento em que um homem foi o óbito no local e as demais vítimas tiveram lesões corporais, em razão dos disparos.

Ainda segundo as investigações da Polícia Civil, que produziram aproximadamente 600 laudas de documentos e provas, a motivação dos crimes foi uma disputa entre duas facções criminosas rivais, com o escopo de ampliar o domínio na prática de diversas condutas criminosas na cidade de Xaxim.

Os autores dos crimes que foram identificados, sendo dois maiores de idade e dois adolescentes. Eles responderão pela prática consumada e tentada do crime de homicídio qualificado pelo motivo torpe e emboscada (art. 121 § 2°, incisos II e IV do Código Penal e art. 121 § 2°, incisos II e IV c/c art. 14 ambos do Código Penal).

As diligências foram coordenadas pelos Delegados Fernando Callfass e Gustavo Oliveira Altemar.

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
0Gostei0Amei0Haha1Hum0Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário