Polícia Militar economizará R$ 2,73 milhões com o novo fardamento

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) definiu, por meio de ato administrativo, mudanças para o fardamento de toda a corporação visando melhorias nas especificações técnicas e funcionais, no conforto ao policial e na estética do conjunto do uniforme. Isto representará uma economia de R$ 2,73 milhões em otimização do fardamento.

A principal mudança é a extinção das coberturas de gorro com pala (o boné) e o gorro sem pala (o bibico). Ambos serão substituídos pela boina na cor cáqui, e o coturno que deixa de ser preto e passa a ser também na cor cáqui. A boina poderá ser usada, também, em conjunto com o uniforme formal (túnica cáqui).

Segundo o comandante-geral da PMSC, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa, a pesquisa para modificação do uniforme iniciou através de uma busca nas Forças Especiais de todo o mundo, naquelas que possuíam os melhores uniformes e equipamentos. Um dos exemplos é o uniforme usado pelas Forças Especiais, uma das mais respeitadas.

“O que queremos é, além da economia, trazer para Santa Catarina o que há de melhor em equipamentos e fardamentos para os policiais militares catarinenses”, completou o comandante-geral. A substituição das peças antigas de fardamento será feita de maneira gradual.

Fonte: Secom

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
0Gostei1Amei0Haha0Hum0Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário

mersin escort çorlu escort erzincan escort görükle escort Samsun escort