Presidente da Alesc é indiciado por quatro crimes na operação Alcatraz

O deputado estadual Julio Garcia, presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), foi indiciado juntamente com mais 20 pessoas na operação Alcatraz. O político foi indiciado em um dos relatórios da Polícia Federal pelos crimes de fraude em licitações, integrar organização criminosa, corrupção ativa e ocultação de bens.

A Polícia Federal encaminhou à 1ª Vara da Justiça Federal de Florianópolis, dois relatórios que apontam indícios de conduta criminosa em relação aos investigados – dois deles cumprem prisão preventiva.

Para a NSC, Julio Garcia contestou todos os crimes e disse: “Meus bens estão todos muitos claros, a própria Polícia Federal tem essas informações. Sobre a organização criminosa, é impossível haver sustentação ou qualquer prova em relação a isso. Não há uma prova sequer sobre fraude em licitação, não há uma linha sequer que comprove que eu tenha participado de qualquer coisa”. Ele também negou o crime de corrupção e disse que está tranquilo de que será inocentado.

*Com informações da NSC

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
0Gostei0Amei0Haha0Hum0Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário