Produtores rurais precisam estar atentos para fim do uso de bloco de notas manuais

No segundo semestre deste ano, o uso do conhecido bloco de notas de produtor rural em papel, será substituído por documentos eletrônicas. A previsão é que a partir do dia 30 de junho, os produtores deverão emitir a nota fiscal eletrônica (NF-e), de forma rápida e fácil, através do aplicativo Nota Fiscal Fácil.

Em Pinhalzinho, a Secretaria de Agricultura vem investindo há alguns anos em internet de boa qualidade para os agricultores, por redes de fibra óptica e cursos de capacitação sobre o aplicativo. Conforme o responsável pela pasta, Honorino Dalapossa, nos próximos meses novos cursos serão realizados, dia 14 de fevereiro, 15 de março e 18 de abril.

“O ajuste propõe que 30 de junho de 2023 acabe a nota fiscal modelo 4, o famoso bloco de produtor impresso onde o agricultor emite anota e preenche mano escrita, sendo que passaria ser eletrônica. Ainda há muita discussão, pois muitas regiões não estão com condições como nosso município está. Investimos em rede de fibra óptica em todas as comunidades ruarias, com internet de qualidade e ágil, além de cinco cursos que já promovemos e outros que ainda serão realizados” conta.

Em Pinhalzinho, dos 714 blocos de produtores ativos, somente 57 estão habilitados. “Pedimos que os agricultores busquem a capacitação e o conhecimento. Estamos buscando junto a receita para que o aplicativo permita que a nota seja feita sem o sinal da internet, no meio da lavoura. O principal assunto tratado com o secretário de Estado, foi esse. O Colatto ficou de reunir o colegiado com as federações do agro para podermos encontrar uma solução, pois junho é um prazo muito apertado”.

Fonte: RCO

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
0Gostei0Amei0Haha0Hum0Triste0Raiva

0 Comments

Deixe um comentário

mersin escort çorlu escort erzincan escort görükle escort Samsun escort