Tragédia em Saudades/SC: Professores perceberam atentado e trancaram as salas

O autor chegou ao local de bicicleta e entrou no educandário empunhando um facão, passou a desferir golpes em uma professora, a educadora correu para uma sala onde havia outras profissionais, além de quatro crianças. O agressor feriu gravemente a segunda mulher, matou três crianças, todas com menos de dois anos de idade, e lesionou a quarta criança. A ação rápida dos Professores evitou o pior no atentado.

Após o crime o homem desferiu golpes em seu próprio corpo, na região do abdômen, pescoço e tórax, na tentativa de cometer suicídio, mas foi socorrido com sinais vitais em estado grave. Sendo encaminhado ao Hospital Municipal de Pinhalzinho. O rapaz, de 18 anos, está sob custódia da Polícia Militar e foi transferido para uma unidade hospitalar de alta complexidade.

De acordo com o delegado Jerônimo Marçal Ferreira, o autor não possui passagens pela polícia nem problemas mentais. Policiais já estiveram na casa do jovem e aprenderam materiais.

Um Inquérito Policial foi instaurado para investigar o caso. A família do jovem esta em estado de choque e sera ouvida para tentar entender qual o motivo que levou o jovem a praticar o ato.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) realizou os trabalhos técnicos no local. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao IML de Chapecó para necropsia.

Fonte/foto: Oeste em Foco, Diário Catarinense

       

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
1Gostei0Amei0Haha0Hum2Triste3Raiva

0 Comments

Deixe um comentário