Internautas denunciaram ao Portal Click Xaxim sobre a prática irregular do transporte de passageiros através de um suposto ‘Uber’ que circula pela cidade.

Cartões de visita, inclusive com a marca da maior empresa de transporte por aplicativos do mundo, foram entregues à nossa reportagem, que foi em busca de informações.

A empresa de caráter mundial, iniciou em 2018 o atendimento em Chapecó, cidade vizinha, porém, no Brasil não opera em nenhuma cidade com menos de 100 mil habitantes, e Xaxim, com seus cerca de 30 mil, portanto, não atende aos requisitos da empresa.

Mas então, o que acontece em Xaxim?
Segundo um motorista do aplicativo da cidade de Chapecó, que prefere não se identificar, trata-se um meio de transporte ilegal. “É simplesmente uma carona remunerada, que apesar de ser algo comum, é muito diferente de empresas de aplicativo como Uber, 99 taxis e etc”, explica.

Outro grande diferencial de estar sendo conduzido por um carro que realmente pertence à frota da Uber é que você está segurado em casos de acidentes. O mesmo não acontece neste caso ‘Uber fake’ em  Xaxim.

Segundo informações do site, o seguro cobre motoristas e usuários em cada viagem em caso de acidentes: Morte acidental: R$ 100 mil, invalidez permanente ou parcial até R$ 100 mil, e até R$ 15 mil para despesas médicas e hospitalares (através de reembolso).

UBER não permite cartões de visita
De acordo com o portal Driver Machine, especializado emOs aplicativos de transporte buscam conectar passageiros e motoristas da forma mais aleatória e impessoal possível. Ao solicitar um carro, a plataforma irá localizar o motorista mais próximo e, dessa forma, unir com o passageiro.

Por isso, os aplicativos não permitem que você atraia os passageiros cadastrados na plataforma para uma viagem particular. Inclusive, isso está na lista de motivos da Uber para excluir motoristas.

NOS CONTE O QUE VOCÊ ACHOU
1Gostei0Amei0Haha1Hum0Triste5Raiva

0 Comments

Deixe um comentário